Projeto WATTer Skills concluído com sucesso

O projeto europeu WATTer Skills (2017-2020) terminou com a assinatura de um Memorando de Entendimento que visa potenciar os resultados do WATTer Skills, apostando na eficiência hídrica e no nexus água-energia e com a proposta de criação de dois novos perfis profissionais no contexto das novas oportunidades dos Empregos Verdes.

O WATTer Skills aposta deste modo na criação do Técnico de Eficiência Hídrica (WET) e do Especialista de Eficiência Hídrica (WEE), com competências de eficiência hídrica em edifícios, visando assim promover a eficiência hídrica no edificado.

Destacam-se de seguida os 4 principais resultados intelectuais do projeto:

  • RI1 – Definição do Perímetro do WATTer Skills

No RI1 foi definido um mapa de competências a nível europeu vocacionado para a eficiência hídrica em edifícios, que inclui indicadores de monitorização.

  • RI2 – Quadro de Qualificação

No RI2 foram definidos os requisitos do quadro de formação e qualificação em linha com o Quadro Europeu de Qualificações (EQF), no sentido de agilizar a sua adoção e adaptação ao sistema de formação e qualificação dos profissionais.

  • RI3 – Currículo e Conteúdos dos Cursos de Formação

No RI3 foi formulada a estrutura e currículo dos cursos de formação WET e WEE. Os conteúdos formativos foram definidos, desenvolvidos e implementados.

No âmbito deste relatório foram ainda produzidos manuais de formação para os dois cursos, os quais se propõem e se pretendem que sejam úteis, com as devidas adaptações, a formandos e formadores.

  • RI4 – Sistema de creditação baseado no EQF e ECVET

No RI4 foi proposto um sistema de reconhecimento dos diferentes tipos de profissionais e integração nos Quadros de Qualificação Nacional e Europeu (NFQ e EQF). Os materiais de apoio foram baseados nos créditos de formação ECVET e aplicáveis a todos os países da UE, promovendo a mobilidade de profissionais.

O WATTer Skills foi coordenado pela ADENE – Agência para a Energia, contando ainda com a Fundaciòn Laboral de la Construccion (FLC), o CRES – Centre for Renewable Energy Sources and Saving e a FORMEDIL – Ente Nazionale per la Formazioni e L’Addestramento Professionale nell Edilizia. O projeto contou ainda com o envolvimento dos conselhos consultivos dos países parceiros (Portugal, Espanha, Grécia e Itália) e de diversos Stakeholders que contribuíram de forma muito construtiva e participativa para os resultados obtidos.

Fique atento e acompanhe a evolução do projeto!

 

Scroll Up